terça-feira, 9 de novembro de 2010

Rotina

Já não dou corda em meus relógios.
Por mais que a cidade inteira empurre seus ponteiros tentando fazê-los andar, me firo fundo para pará-los.
O tempo não pode me machucar mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário