segunda-feira, 1 de maio de 2017

Me quedo allá

Que me desculpe Peralta,
pero yo me quedo allá.

Fico lá de alma e amor
na luz clara da manhã,
no dia que vai embora cedo,
no calor eterno de meio dia.

Fico lá de todo coração
na orla de praia nem tão bonita,
na montanha russa das ladeiras,
nas colores que colorem minha vista.

Fico lá no meu olindar,
no meu antigar,
fico lá,
porque sou de lá
e não sei se sei ser de outro lugar.